A espera de um milagre?

Os dias vão passando e as oportunidades também, se não corremos atrás do que queremos, corremos o risco de não conseguir alcançar o fluxo corrente das inovações.
Renove-se, englobe-se, recicle-se. Não pare no tempo, não deixe o tempo passar bla bla bla bla…

Parecia um comercial de tv. Ele estava quase acordado, e essas palavras enchiam sua mente. Olhou ao redor e não viu ninguém, levantou e ligou o computador, foi no banheiro, voltou, desceu, tomou café, voltou, olhou para o micro e o desligou, deitou em sua cama novamente e começou a pensar naquelas palavras. Percebeu como foi rápida a passagem de sua vida até aquele momento, lembrou de fatos de quando era criança, do primeiro beijo, primeiro emprego, seus sucessos e desilusões, de como sua família o levou. Levantou a cabeça, o quarto continuava sem ninguém, pensou em sua vida como estava, os amigos que tinha, e os que têm, no dinheiro que estava acabando, nos sonhos perdidos, na vida parada, nos compromissos cumpridos, no mundo, no dia.

Esticou o braço, pegou o cobertor se embrulhou e falou para si mesmo:

-Deixa eu dormir mais um pouco.

“As vezes falo com a vida;
as vezes ela quem diz…”
O Rappa.

About the Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

You may also like these

X