Deus dará!

Talvez assim eu escreva bem…

De repente se sentiu desesperado;

fez as contas e não sabia de onde tirar.
Ficou ali pensando, “O que fazer?”

Nenhuma resposta lhe veio à mente.

Só o vazio e a escuridão.
Se preocupou.

Mas, por fim encontrou apoio, mesmo que seja um ombro, encontrou conforto.

Saiu, espaireceu, acalmou-se.

Ah! Se vocês não existissem como seria? – Se perguntou.

Muitas voltas depois, estava de volta.

Ainda preocupado, muito menos que antes, e se Deus diz que dá,

Deus dará!

“…simplesmente as rosas exalam,
O perfume que roubam de ti…”
(Altemar Dutra)

About the Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

You may also like these

X