Meu medo de cachorro

Meu medo de cachorro

Pra falar a verdade, não é assim um medo, chega a ser um pavor. E eu vou contar aqui como isso começou.

Não lembro desta história, quem contou foi minha mãe. Eu tinha 2 anos, já andava e corria pra todo lado como uma criança desta idade costuma fazer. Meu pai precisava arrumar algo no carro e me levou com ele até uma oficina.

Enquanto eles conversavam (meu pai e o mecânico), diz a história que fiquei andando por ali, e encontrei uma cadela que tinha acabado de ter filhotes, como curioso que sou até hoje, fui mexer nos cachorrinhos.

E adivinha o que aconteceu? A cadela mordeu meu rosto.

De verdade, eu não lembro de nada disso. A única coisa que sei, é que quando vejo um cachorro, eu não consigo nem explicar o que eu sinto. Salvo algumas exceções é claro (cachorros bonzinhos dos amigos).

Não, eu não tenho ódio dos bichinhos, e até penso em ter um algum dia, talvez, bem distante.

O meu problema é com os dogs que encontro pela rua, ou os que me surpreende. E esse tipo de cachorro costuma ser malvado, eles sabem que eu tenho medo, e utilizam dessa fraqueza para serem superiores… rs.

Você tem algum medo? Diz ai.

Escreva um comentário ou deixe uma nota para que eu possa saber a sua opinião à respeito deste texto. Se você gostou, clique no ❤ aí embaixo. Fazendo isso, você ajuda esse post a ser encontrado por mais pessoas.

Siga-me os bons:
TwitterFacebook - LinkedIn - Instagram - Telegram - E-mail

About the Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

You may also like these

X