em Blog

Por falar em sonhos!

Inspirado nos sonhos da Luana

Esses dias sonhei que o gás aqui de casa tinha acabado, ai um amigo meu o Denílson foi buscar pra mim, ele foi pegou o carro do meu primo Elton, colocou o bujão e sumiu. Que louco.

Um dia sonhei que estava caindo. Dei um salto tão grande na cama, que acordei assustado. Ai dei uma olhadinha pra ver se alguém tinha visto. Como ninguém viu, voltei a dormir.

Quando era criança sonhei que estava sonhando (essa é boa), e no sonho que sonhava, entrava um ladrão em casa, e quando eu olhei para a cara dele, comecei a berrar e berrava muito, e minha mãe mandou eu parar de gritar, eu parei e dormir, quando acordei perguntei pra ela se tinha gritado a noite e ela disse que não (Como?). Então… eu sonhei que sonhava e no sonho eu gritei pensando que era real, mas era sonho. Entenderam?

Esse foi o mais real. Parecia brincadeira, mas estava ainda em horário de trabalho (quando ainda trabalhava), e estava conversando com uma amiga, a Marília, quando um rapaz apareceu e falou que em um mercadinho que tinha ali perto (Não tão perto assim!), estava dando coco (De água sabe? Nada haver essa história!), e a Marília me pediu pra ir pegar um pra ela, como um bom rapaz sai (No meu horário de expediente!) para busca o tal coco! E lá vou eu, caminhando pela rua, apressado pra chegar no local que parecia não chegar nunca! Alguém que não sei quem, apareceu do meu lado e começamos a andar juntos e conversar, até que comecei a ver canhões de luzes e a ouvir um som “Vou deixar, a vida me levar, pra onde ela quiser”, dedução: Um show do Skank acontecendo aqui perto! Pensei: “Não posso perder isso!!!” E falei pra pessoa que estava do meu lado que não sabia quem era: Vamos mais depressa! Vamos até o show, depois eu ligo pra Marília e ela passa aqui de carro e pega a gente! E começamos a andar bem rápido (correndo) para não perder nada daquele grande show! Ai… comecei escutar o som do meu celular tocando, Pensei que já era a Marília me ligando pra eu voltar. Saco! Abri os olhos, 05:45hs. Era o despertador. Hora de levantar! Não deu nem pra saber o que aconteceu depois! Só sei que aquele dia acordei muito cansado.

“Um instante, um olhar;
E o sol a tocar…”Marjorie Estiano

Escreva seu comentário

Comentário

13 Comentários

  1. Ixiii, sonhar é comigo mesmo Ronaldo!!! Eu queria muitas coisas de natal, quem sabe até lá Deus me abra uma porta de emprego né? No meu caso é só Deus mesmo, tô perdendo as esperanças, espero que vc naum!! Boa quinta e sexta pra vc, apareça sempre tá!!
    Bjuss

  2. Uau!
    Eu com fonte de inspiração!!
    Pior de tudo é acordar cansada…

    Teve uma vez que eu caí da cama e rolei pra baixo dela.
    Quando acordei no meio da noite… Imagina o desespero. Querer levanta e meter a cabeça num troço duro. Passou tudo pela cabeça… E claro… um breu pra acompanhar.

  3. Que sorte não ter caido da cama! Já tive muitos sonhos assim, mais quando era criança. Tinha um em que eu caia em um buraco tipo elevador, que não tinha fim, era uma coisa sem pé. Terrivel, beirando um pesadelo. Tem noites que nem lembramos dos sonhos mas eles estão lá.
    Bom fim de semana! Beijus

  4. è cara…
    O que mais me chamou a atenção foi o sonho do sonho do sonho… Já tive experiências assim…são bem estranhas…vc não acora nunca…
    Ainda bem que ao esotu sozinho no mundo. Não sou, portanto, loco como achava!!
    Obrigado pela paz de espírito que vc acabou de me conferir!!!!
    Um abraço!!!
    Esteja em Paz!!