em Blog

Voltando!

De repente, pela segunda vez estava lá, e não se sentia mal por isso, estava até bem, se divertindo, e nem ofereceu resistência para ficar.

Nada de mal aconteceu, estava tudo nos seus conformes.

Ficou ali olhando, e de vez em quando sonhando que aquela situação poderia sempre acontecer.

“Como seria bom sentar aqui juntos!”

Não alimento amor por telefone,
isso é ilusão…
(Rogerio Flausino)

Escreva seu comentário

Comentário